Gripe Felina: causas e sintomas!

Janeiro 20, 2021
Dr.ª Patrícia Azevedo
Médica Veterinária

Gripe Felina: causas e sintomas! A gripe felina é uma doença que afeta gatos de todas as idades, especialmente em alturas do ano mais frias. No entanto, há várias formas de prevenir que o seu gato fique doente.

 

O que é a gripe felina?

A gripe felina é também conhecida por coriza ou rinotraqueíte felina, causada por vírus e bactérias isolados ou em simultâneo. Os vírus que provocam a gripe felina são o calicivirus felino e herpesvirus felino e as bactérias Clamydophila felis e Bordetella são as mais frequentes. No entanto, também outras bactérias como a Pasteurella, Streptococcus e Staphylococcus podem estar presentes.

O contágio ocorre de forma muito fácil através das secreções diretamente entre os gatos que se encontram no mesmo ambiente ou através de objetos contaminados com as mesmas secreções.

A gripe felina provoca sintomas nos gatos semelhantes às pessoas com gripe como espirros, nariz entupido, corrimento nasal. Pode também causar conjuntivites exuberantes e úlceras na córnea e boca, consoante o tipo de agente causador da doença.

Um dos sinais mais comuns em gatos, da gripe felina, são os olhos fechados com muitas remelas. Um gato com gripe felina pode libertar muitas secreções pelo nariz e pelos olhos, por norma espessas e purulentas, que se vão acumular e secar. Nos olhos, ao secar formam uma grande quantidade de remelas que podem fazer com que as pálpebras fiquem “coladas” e os gatos não consigam abrir os olhos.

Se não for tratada pode ter consequências sérias para o gato, podendo a infeção respiratória evoluir para uma pneumonia e levá-lo à morte. Se afetar os olhos e não for tratada ou tratada incorretamente pode levar à perda de visão ou a perda do olho.

Gripe Felina: causas e sintomas!

Gripe Felina: causas e sintomas!

Gripe Felina: causas e sintomas!

Uma vez que se trata de uma doença muito contagiosa entre os felinos e que pode levar a sérias complicações, deve ter em consideração alguns cuidados com o seu gato.

 

Como prevenir a Gripe Felina:

1- Vacinação

A melhor forma e mais eficaz de prevenir o desenvolvimento da gripe felina, é através da vacinação. Existem várias vacinas disponíveis para doenças que afetam os gatos, no entanto, a que habitualmente é realizada a todos os gatos, tendo ou não contacto com o exterior ou outros gatos é a vacina trivalente.

A vacina trivalente é uma vacina que confere proteção contra três virus: calicivirus felino, herpesvirus felino, parvovirus felino. Os dois primeiros são possíveis agentes causadores da gripe felina e o último de uma doença mortal denominada panleucopenia felina.

Esta vacina trivalente deve ser iniciada logo às 8 semanas de idade, e deve ser administrado um reforço vacinal a cada 4 semanas até às 16 semanas. Após este período é recomendado um reforço vacinal anual, de forma a garantir que o gato está protegido contra as doenças.

Existe também uma vacina contra uma das bactérias causadoras de gripe felina, a clamydophila, clamídia, que não é administrada por norma, apenas em gatos que estão expostos ao risco.

A vacinação protege o gato da doença mas não contra a infeção, ou seja, um gato vacinado pode desenvolver a doença, no entanto não irá ter sintomas tão exuberantes nem com gravidade ou pode até mesmo nem chegar a desenvolver qualquer sintoma.

 

Gripe Felina: causas e sintomas!

2- Evitar contacto com gatos doentes

Para impedir que o seu gato seja contaminado com gripe felina deve evitar que tenha contacto com gatos doentes ou possivelmente doentes. No entanto, uma vez que a transmissão pode ocorrer de forma indireta, ou seja, através de objetos contaminados, é possível que ocorra infeção mesmo sem contacto prévio direto com gatos infetados.

Assim, evitar o contacto com gatos doentes é uma medida de proteção do seu gato contra a doença, mas nunca deve ser tida a consideração por si só. Ainda sem contacto com outros gatos os gatos devem ser vacinados para impedir que desenvolvam a doença.

3- Isolamento dos animais doentes

Por se tratar de uma doença altamente contagiosa, é importante que mal surjam os primeiros sintomas da doença o gato seja isolado dos outros felinos. Assim, é muito importante que os tutores estejam atentos aos primeiros sintomas e que levem o animal a uma consulta para que seja diagnosticado.

É importante também que todos os objetos e locais onde o animal esteve sejam devidamente limpos e desinfetados.

4- Evitar locais com sobrepopulação

Tal como a gripe nas pessoas, é mais provável que fiquem doentes em ambientes com um grande número de indivíduos, o que também acontece com a gripe felina. Em locais como gatis é mais fácil que os gatos fiquem doentes, bastando apenas um ficar para contaminar todos os outros.

Evite levar o seu gato para gatis ou hotéis onde convivam muitos gatos, e caso o faça garanta que a sua vacinação está em ordem.

Ter muitos gatos em casa na mesma divisão confinados a um espaço reduzido também é desaconselhável pelas mesmas razões.

5- Evite diferenças de temperatura

Também como nas pessoas, as diferenças de temperatura nos gatos pode fazer com que fiquem mais suscetíveis a desenvolver gripe. Os gatos adoram, durante a época mais fria, dormir em locais quentes como perto de aquecedores, lareiras ou outros ficando demasiado quentes. Indo para a rua ou locais com correntes de ar ou com uma temperatura ambiente inferior podem ficar doentes.

Mantenha o gato quente em alturas de frio, mas não demasiado quente, pois pode acabar por ser prejudicial. No entanto, evitar que esteja em locais muito frios ou na rua também é aconselhável para diminuir a probabilidade de adoecer.

6- Aposte numa boa alimentação

Uma boa alimentação vai fazer com que não falte nenhum nutriente ao seu gato. Dietas inadequadas podem causar carência na dieta do gato deixando o gato mais vulnerável a infeções.

Um alimento palatável também deve ser preferido pois os gatos são bastante seletivos na escolha do alimento, o que pode fazer com que, se não gostarem do alimento ou do seu cheiro comam menos ou até deixem de comer.

Aposte num alimento premium, completo e adequado às necessidades do seu gato para garantir que o seu sistema imunitário funciona corretamente.

Carrinho de compras
Produto adicionado ao carrinho com sucesso. Vêr carrinho de compras

Subscreva a nossa newsletter!

Receba todas as novidades e artigos do nosso blog!


    WhatsApp