Areia para gatos: Saiba quais os tipos existentes e as suas vantagens

Areia para gatos: Descubra quais os tipos e as vantagens

Janeiro 21, 2020

Existe uma diferença enorme entre ter um cão e ter um gato. Se os cães precisam de ir à rua com frequência para fazer as suas necessidades, os felinos precisam de uma caixa de areia para gatos.

No entanto, quem tem um gato pela primeira vez, pode sentir inúmeras dificuldades em escolher a areia mais adequada (na nossa loja de animais online podemos ajudá-lo). Assim sendo, se esse é o seu caso, não desespere.

Hoje resolvemos não só explicar-lhe quais os tipos de areia existentes no mercado, como também esclarecer algumas das principais dúvidas sobre esta temática. Ora continue a ler.

Areia para gatos: Quais as tipologias mais comuns

Existem diversos tipos de areias que pode comprar para colocar na caixa do seu gato. O mais importante é escolher aquela que vai de encontro às necessidades específicas do animal.

De seguida apresentamos-lhe as diferentes opções.

1 – Areia de Bambu

A areia de bambu é uma das opções emergentes neste setor. Trata-se de um granulado 100% ecológico, biodegradável e não é tóxico para o seu melhor amigo.

É importante frisar que devido às suas características, elimina os odores deixados pela urina dos felinos e facilita a limpeza da caixa. Isso porque, quando em contacto com a urina esta areia forma um granulado maior que é muito mais simples de retirar.

2 – Areia de sílica

A areia sílica é sem sombra de dúvida uma das mais simples de utilizar. A sua troca é feita mensalmente uma vez que a urina é absorvida pelos grãos, havendo apenas a necessidade de limpar as fezes.

Devido à rápida absorção da urina, este tipo de areia ajuda a reduzir drasticamente os odores desagradáveis.

A grande maioria tem também um efeito antibacteriano e são desenvolvidas com produtos naturais e não tóxicos.

As suas principais vantagens são:

  • Grande capacidade de absorção
  • Livre de pó
  • Bastante económica
  • Controlo de odores

3 – Areia de argila

A areia de argila é bastante prática e eficiente na hora de higienizar a caixinha de areia do seu melhor amigo. A urina quando entra em contacto com a argila, forma um grão de maiores dimensões que pode facilmente ser retirado da caixa de areia.

Além disso, é possível comprar este tipo de areia para gato com fragrâncias, como é o caso da Catfield Lavanda.

As suas principais vantagens são:

  • Maior controlo dos odores
  • Areia livre de poeiras
  • Aglomerante
  • Facilidade de limpeza
  • Maior economia

Como vê, pode ser uma opção bastante interessante para o seu gatinho.

4 – Areia de madeira

A areia de madeira é tão somente uma areia desenvolvida com base em serradura. Por esse motivo, acaba por ser biodegradável e sustentável para o meio ambiente.

Quem vive perto de carpintarias, acaba muitas vezes por optar por esta alternativa. No entanto, devido às suas características esta tem de ser mudada com alguma frequência.

Assim, o que é comum os tutores de felinos fazerem é misturar a areia de madeira com outra tipologia de areia.

Estes são os 4 tipos de areia para gatos mais comuns. E, agora que já os conhece, vamos esclarecer algumas das questões mais frequentes sobre esta temática.

Perguntas frequentes sobre as areias para gatos

Porque sabemos que nem sempre é simples perceber a sua utilidade, resolvemos esclarecer as dúvidas mais comuns. Por isso, se é um tutor recente de um felino ou se irá ter um gatinho em casa nos próximos tempos, continue a ler.

1 – Porque é que se deve utilizar areia na caixa dos gatos?

Na prática deve colocar-se areia na caixa dos gatos não só para melhorar o conforto do seu melhor amigo, como ajudá-lo a manter a sua casa sem cheiros desagradáveis.

Além disso, os gatos são animais muito higiénicos. Por isso, dificilmente farão as suas necessidades num local que esteja sujo.

Assim, a caixa de areia serve exatamente para fornecer ao seu melhor amigo um local próprio para ele fazer as suas necessidades.

2 – Existe uma quantidade certa de areia a colocar na caixa?

É recomendado colocar entre 5 e 7 centímetros de areia na caixa. Ou seja, a quantidade colocada deve ser suficiente para que o animal consiga enterrar os seus dejetos (algo que fazem de forma natural).

Se a caixa não tiver areia suficiente, existe uma grande probabilidade de o gato ficar a arranhar a caixa. Ou seja, existe muito mais probabilidade de mais cedo ou mais tarde ter de comprar outra caixa de areia.

Considere ainda que se a caixa estiver muito cheia vai acabar por transbordar. Ou seja, vai acabar por desperdiçar areia.

3 – Com que frequência se deve trocar a areia?

Na verdade, tudo vai depender do tipo de areia que escolher e do odor que vai ficar na caixa de areia.

Os dejetos devem ser retirados todos os dias, assim como os aglomerados deixados pela urina dos gatos. E, essa areia deve ser reposta.

Mas, de forma abrangente, as areias aglomerantes ou absorventes devem ser trocadas entre 1 a 3 vezes por semana. As de sílica, por exemplo, podem ser trocadas uma vez por mês.

Mas, tenha sempre em consideração o número de gatos que utilizam a mesma caixa de areia.

Como vê, escolher a melhor areia para gatos é sem sombra de dúvida um aspeto importante para manter o seu melhor amigo feliz e a sua casa livre de cheiros.

Mas, se tiver alguma dúvida sobre este tema, não hesite em contactar que iremos ajudá-lo a escolher a melhor opção.

Carrinho de compras
Produto adicionado ao carrinho com sucesso. Vêr carrinho de compras

Subscreva a nossa newsletter!

Receba todas as novidades e artigos do nosso blog!


    WhatsApp